O comandante da Aeronáutica, brigadeiro Luiz Carlos Bueno, afirmou hoje que não haverá problema no controle do tráfego aéreo no período do Natal e do Ano Novo. "Já temos gente suficiente para o final de ano. Os senhores não precisam ficar preocupados com os períodos de férias", declarou o brigadeiro, em depoimento numa sessão conjunta das Comissões de Infra-Estrutura e de Relações Exteriores e Defesa Nacional, no Senado.

Segundo relato feito pelo comandante, a Aeronáutica trouxe para Brasília 14 operadores de outros Estados, e outros estão sendo contratados. Bueno assegurou que, até o fim do ano, o serviço de controle do tráfego aéreo terá 54 controladores a mais. Ele disse que a Aeronáutica foi "surpreendida" com a reação psicológica dos controladores ao acidente com o Boeing da Gol em que morreram 154 pessoas na selva amazônica.

O brigadeiro comentou que essa foi a primeira vez que ocorreu no Brasil um acidente tão grave. Disse que em 16 países, inclusive nos Estados Unidos e na Europa, já houve colisões semelhantes à que envolveu um jato Legacy e o Boeing da Gol. Luiz Carlos Buenos afirmou ainda que o sistema de controle aéreo do Brasil é um "dos mais seguros do mundo".