Na primeira ação deste ano, o programa Justiça no Bairro regularizou a vida de muita gente. Das 400 senhas entregues no último sábado, na Rua da Cidadania do Carmo, Regional do Boqueirão, 178 audiências relativas a ações de Direito da Família resultaram em acordo. Também foram propostas 20 ações pela Defensoria Pública. Quem não conseguiu resolver seu problema no mesmo dia, por falta de uma das partes interessadas ou de documentos necessários, recebeu orientação e deve voltar no próximo atendimento.

No total, cerca de 2 mil pessoas aproveitaram o dia de sábado para ir à Rua da Cidadania acertar problemas, como pensão, guarda de filhos e, principalmente, divórcio. Elas puderam também usufruir dos serviços oferecidos no local, que incluíam vacinação, corte de cabelo, obtenção de carteira de identidade, entre outros.

O programa Justiça no Bairro oferece atendimento judicial gratuito à população de baixa renda e é uma parceria da Prefeitura Municipal de Curitiba e Tribunal de Justiça do Paraná. "Foi uma das maiores ações do programa no Boqueirão", diz a juíza da 4a Vara de Família de Curitiba, Joeci Camargo, que idealizou o Justiça no Bairro e até hoje está à frente da iniciativa. Além dela, assistentes sociais da FAS e estudantes de diversas faculdades de Direito fazem o atendimento.

"As pessoas vão até a Rua da Cidadania para regularizar a sua situação. Muitas vezes, já estão separadas e morando com outra pessoa, então aproveitam o Justiça no Bairro para fazer sua separação e depois, inscrevem-se no casamento comunitário para legalizar a relação atual", conta a juíza.

O programa está sendo cada vez mais procurado pela população. No ano passado foram atendidas 11.129 pessoas. 84% dos casos foram resolvidos na hora. "O convênio entre a Prefeitura e o Tribunal de Justiça foi um dos primeiros assinados pelo prefeito Beto Richa, ainda em janeiro, para facilitar e ampliar o acesso das famílias menos favorecidas à justiça", lembra o procurador geral do Município, Ivan Bonilha.Estrutura – A Prefeitura de Curitiba, através do Núcleo da Fundação de Ação Social (FAS) da Administração Regional do Boqueirão, disponibilizou 150 funcionários e toda infra-estrutura, incluindo 40 computadores, para o atendimento do programa na Rua da Cidadania do Carmo.

Além das ações do Justiça nos Bairros, outros serviços gratuitos foram oferecidos à população que passou pelo local, como corte de cabelo pelos alunos dos Liceus de Ofício e fotografias para carteira de identidade. Foram produzidas 200 identidades, tanto primeira como segunda via.

A Prefeitura disponibilizou ainda funcionários da Secretaria Municipal de Saúde para aplicação de vacinas contra a Hepatite B, para pessoas acima de 20 anos, e também vacina contra a gripe, para pessoas acima de 60 anos.

Em maio, as equipes do programa vão passar pelas Ruas da Cidadania do Pinheirinho e pelo Sesc do Portão. Ainda neste semestre estão previstas ações do Justiça nos Bairros nas regionais do Bairro Novo, Matriz, Cajuru, Santa Felicidade e Boa Vista (veja calendário abaixo).

O atendimento acontece sempre aos sábados, das 8h às 17h, para que quem precisa de atendimento não perca o dia de serviço durante a semana. A escolha do local também visa facilitar a vida das pessoas. "Ao oferecer o Justiça no Bairro nas Ruas da Cidadania, escolas e outros locais conhecidos da comunidade, estamos agilizando o processo. O objetivo é levar a Justiça até o cidadão, evitando o deslocamento até a região central da cidade", explica a presidente da FAS, Fernanda Richa.

Confira o calendário do programa no primeiro semestre e quais regionais serão atendidas:

30 de abril – Rua da Cidadania do Boqueirão – Boqueirão
Av. Mal. Floriano Peixoto

07 de maio – Rua da Cidadania do Pinheirinho – Pinheirinho
Av. Winston Churchil, 2033

21 de maio – SESC – Portão
Rua João Bettega, 770

04 de junho – Rua da Cidadania do Bairro Novo – Bairro Novo
Rua Tijucas do Sul, 1700 – Sítio Cercado

11 de junho – Rua Manoel Martins de Abreu, esquina com Matriz Aquilino Orestes Baglioli – Vila das Torres

18 de junho – Escola Municipal Rachel Maeder Gonçalves – Cajuru
Rua Gustavo Gonçalves, s/nº – Uberaba

25 de junho – Rua da Cidadania de Santa Felicidade – Sta Felicidade
R. Sta. Bertilla de Boscardin, 213