O Exército da Venezuela informou que duas aeronaves de leve porte foram abatidas no fim de semana ao entrarem no território nacional, segundo informações da BBC. As autoridades alegam que os aviões estavam transportando drogas vindas da América Central e se recusaram a seguir as ordens dadas pelos militares.

O chefe do Comando Estratégico Operacional da Venezuela, general Vladimir Padrino López, disse durante um pronunciamento na televisão estatal que uma das aeronaves foi colocada sob o alvo dos militares depois que “todos os outros meios de persuasão foram esgotados” no sábado.

“Este foi o primeiro avião derrubado no ar no país desde a aprovação do Regulamento da Lei e Controle para a Defesa Integral do Espaço Aéreo Nacional, seguindo as ordens” do presidente Nicolás Maduro, disse o general Padrino, de acordo com a BBC.

O outro avião teria tentado pousar em uma pista de pouso ilegal na selva para fugir dos militares e também foi derrubado.