O presidente do Turcomenistão demitiu os presidentes do banco central do país e da companhia estatal de gás natural em meio às dificuldades econômicas que levaram à desvalorização de 185% da moeda nacional ante o dólar neste ano.

As ordens do presidente Gurbanguly Berdymukhamedov em uma sessão de gabinete neste sábado foram relatadas pela mídia estatal, que é fortemente regulada. Sobre a decisão, o líder autoritário comentou a existência de “dificuldades financeiras e circunstâncias econômicas em certos países que diretamente afetam o Turcomenistão”.

O chefe de Estado se referia aparentemente à Rússia, cuja moeda perdeu cerca de 45% do seu valor frente o dólar devido às pressões do declínio nos preços do petróleo e as sanções dos países ocidentais. Berdymukhamedov também exigiu que o novo dirigente da companhia estatal de gás aumente as exportações do produto, que são a principal fonte de receitas do país. Fonte: Associated Press.