Oito pessoas morreram em confrontos ocorridos de ontem para hoje entre a Guarda Nacional e milicianos islâmicos em um bairro de Túnis, informaram autoridades locais nesta terça-feira.

A violência teve início por volta das 16h locais de ontem, quando a Guarda Nacional cercou uma casa no bairro de Raoued, e só terminou na tarde de hoje.

O cerco foi organizado com base em informações segundo as quais o local era um esconderijo de milicianos. A troca de tiros começou quando a Guarda Nacional tentou invadir o imóvel.

Dos oito mortos, sete eram supostos milicianos e um pertencia à polícia, disse uma fonte no setor de segurança. Fonte: Associated Press.