O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, pediu ajuda a líderes de oposição do país para ajudá-lo a encontrar uma solução viável para a crise grega, afirmou hoje uma autoridade do governo.

Em plebiscito realizado ontem, mais de 61% dos gregos votaram contra as recentes medidas de austeridade propostas pelos credores do país, ou seja, a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu (BCE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI). Fonte: Dow Jones Newswires.