O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou sua conta oficial no Twitter nesta quarta-feira para enfatizar a necessidade de se construir um mudo em toda a fronteira com o México. Trump decidiu que partes do muro desejadas pela Califórnia terão a construção adiada, até que toda a obra seja aprovada.

“Eu decidi que partes do muro que a Califórnia quer construir agora não serão construídas até que todo o muro seja aprovado”, afirmou Trump. O presidente ainda comemorou uma “grande vitória” judicial ontem, após o Judiciário decidir que o projeto de construção da obra pode seguir adiante. “Nosso país precisa ter segurança fronteiriça!”, insistiu na mensagem.

Na terça-feira, um juiz federal em San Diego rechaçou argumentos de que o governo teria agido precipitadamente na questão ambiental e em outros pontos antes de que a construção do muro possa começar.

O Congresso, porém, ainda não aprovou o projeto. Neste mês, o Senado rejeitou um pedido de US$ 18 bilhões para a obra.