Um tribunal russo suspendeu na quarta-feira a sentença de prisão de cinco anos do líder da oposição Alexei Navalny.

Navalny foi condenado sob a acusação de peculato e condenado a cinco anos de prisão em 18 de julho, mas foi liberado no dia seguinte. Muitos consideraram que siá libertação em julho foi uma manobra para fazer com que a disputa para prefeito de Moscou parecesse o mais competitivo possível. Navalny recebeu 27% dos votos contra o candidato apoiado pelo Kremlin.

Um juiz do tribunal em Kirov, a 760 quilômetros leste de Moscou, leu a decisão nesta quarta-feira. Fonte: Associated Press.