Um terremoto de magnitude 5,6 graus na escala Richter sacudiu hoje a província cubana de Guantánamo, levando os moradores a deixarem suas casas. Não houve, porém, relatos imediatos de feridos. O epicentro do tremor ocorreu a 43 quilômetros ao sudoeste da cidade de Guantánamo, perto da base naval conhecida pelo mesmo nome, e atingiu uma profundidade de 22 quilômetros, informou a mídia estatal.

Um jornalista da ilha disse por telefone à agência de notícias France Presse que os moradores correram para as ruas assustados com o terremoto, que durou um pouco menos de um minuto e foi seguido por uma sequência de tremores secundários. Dezenas de pequenos movimentos foram sentidos no leste de Cuba nas últimas semanas, depois que um grande terremoto assolou o Haiti no dia 12 de janeiro. As informações são da Dow Jones.