Um negro, que estava desarmado, foi atingido pela polícia americana quando tentava ajudar um paciente com autismo na Flórida. A vítima já estava deitada no chão e com as mãos para o alto.

O terapeuta Charles Kinsey, 47 anos, foi atingido na perna na última segunda-feira, em Miami. De acordo com os policiais, eles estavam atendendo a uma ocorrência sobre um homem que estava armado e ameaçava se suicidar.

Um vídeo registrado por uma testemunha mostra a vítima deitada no chão, ao lado do rapaz que possui autismo. Mesmo sem o terapeuta esboçar nenhuma reação, ele acabou sendo atingido.