enkontra.com
Fechar busca

Mundo

Sobreviventes de terremoto são encontrados no Irã

Duas pessoas foram encontradas vivas após 72 horas sob os escombros

Duas pessoas foram resgatadas vivas e com boas condições de saúde hoje depois de passar quase 72 horas sob os escombros provocados por dois terremotos no sábado no noroeste do Irã, informou a imprensa local.

Ambas estavam nos escombros da própria casa quando foram localizadas pelos cães farejadores, informou a agência Irna.

De acordo com a imprensa, o estado de saúde das duas pessoas é bom. O resgate aconteceu em um vilarejo ao nordeste de Tabriz.

A agência Fars informou que um número indeterminado de corpos foi localizado nesta terça-feira, incluindo o de uma mulher de 27 anos, no mesmo vilarejo.

O ministério do Interior chegou a anunciar no domingo o fim das operações de resgate. Hassam Ghadami, diretor da célula de crise ministerial, afirmou que não havia mais ninguém entre os escombros.

Moradores locais, porém, alertam que pessoas ainda estão desaparecidas e muitas outras precisando de ajuda humanitária.

Algumas personalidades políticas iranianas criticaram a reação do governo após os terremotos, enquanto outras elogiaram a rapidez das equipes de resgate.

Os tremores que afetaram o país no sábado com poucos minutos de intervalo deixaram 306 mortos, em sua grande maioria mulheres e crianças, e mais de 3.000 feridos.

O Crescente Vermelho do Irã está abrigando 16 mil pessoas em 6.000 tendas, em um estádio na região.

Os terremotos, com 6,3 e 6,4 graus de magnitude, abalaram uma região montanhosa da província do Azerbaijão Oriental, na região noroeste do país.
O governo pretende conceder uma indenização aos moradores que perderam suas casas.

De acordo com fontes oficiais, mais de 10.000 residências foram afetadas.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas