Um jovem de 19 anos ferido na explosão de um carro-bomba ocorrida ontem na região central de Beirute não resistiu às lesões e faleceu neste sábado, elevando a sete o número de mortos no atentado. A Agência Nacional de Notícias identificou a vítima como Mohammed Shaar.

O atentado da véspera teve como alvo o ex-ministro das Finanças e ex-embaixador libanês em Washington Mohammed Chatah, de 62 anos. Crítico da Síria e do Hezbollah, Chatah foi um dos mortos no ataque. Ele será sepultado amanhã em Beirute. O governo libanês decretou luto nacional no domingo. Fonte: Associated Press.