A sequência de ataques de Israel à Faixa de Gaza matou 12 palestinos apenas hoje (18). Desde o início da onda de bombardeios israelenses, que se intensificou na semana passada, depois do assassinato do chefe do braço armado do Hamas, Ahmed Yabari, foram mortos 61 palestinos na região.

Uma das pessoas foi morta em Shejaiya, na parte oriental da cidade de Gaza, e duas na cidade de Jabaliya, a norte da região. Outros nove palestinos, entre os quais sete membros de uma mesma família, incluindo quatro crianças, foram mortos durante um ataque aéreo que atingiu uma casa em Gaza.