A Líbia iniciou hoje o primeiro julgamento dos seguidores do ditador Muamar Kadafi, colocando 41 de seus mais fiéis seguidores na corte militar da cidade. “Este é o primeiro julgamento sobre a revolução de 17 de fevereiro de 2011”, disse o juiz Coronel Ali al-Hamida. O julgamento é aberto ao público.

Os homens são acusados de apoiar Kadafi e seu regime político e suas tentativas de acabar com a revolta popular iniciada em 17 de fevereiro. As informações são da Dow Jones.