Militantes do Shabab da Somália disseram na terça-feira que devem fazer novos ataques se as tropas quenianas não saírem da Somália imediatamente.

No sábado, membros do grupo invadiram um shopping em Nairóbi, capital do Quênia, e passaram a atirar contra várias pessoas, deixando pelo menos 60 mortos. O atentado no shopping ainda está em andamento.

Se não saírem da Somália, “saibam que esta é apenas uma amostra do que vamos fazer… esperem dias negros”, disse o porta-voz do grupo Ali Mohamud Rage, falando em árabe, em uma transmissão de áudio emitida pelos militantes. Fonte: Dow Jones Newswires.