As seguradoras americanas terão de desembolsar mais de US$ 9 bilhões para ressarcir as perdas registradas nos incêndios de novembro na Califórnia.

O comissário do Departamento de Seguros da Califórnia (CDI), David Jones, informou ontem o valor e explicou que ele ainda não é definitivo, pois pode aumentar à medida que outras pessoas acionem o seguro.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.