A Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou que o secretário-geral Antonio Guterres está convencido de que a crise na Venezuela não pode ser resolvida “por meio da imposição de medidas unilaterais” e novamente pediu que o governo de Nicolás Maduro e a oposição reiniciem as negociações.

O porta-voz da ONU, Stephane Dujarric, disse nesta terça-feira que Guterres “está preocupado com o fato de os desenvolvimentos recentes poderem levar a uma maior escalada de tensões, distanciando o país de um caminho que conduza a uma solução pacífica para os seus desafios”.

Dujarric comentou que, “neste momento crítico”, Guterres está pedindo por negociações “para o benefício do povo venezuelano”. Ele afirmou que o secretário-geral está apoiando os esforços internacionais e regionais, que buscam reviver as negociações entre as duas partes. Fonte: Associated Press.