A lista dos sítios de Patrimônio da Humanidade da Unesco, braço da Organização das Nações Unidas (ONU), aumentou mais uma vez e incluiu 24 pontos turísticos e históricos entre os protegidos.

A Itália voltou a figurar entre os selecionados com o itinerário árabe-normanda em Palermo, que inclui as catedrais de Monreale e Cefalù. Com isso, o território italiano subiu para 51 o número de “tesouros” mundiais.

A França também teve grande destaque com a entrada dos vinhedos da região de Borgonha e o espumante produzido em Champagne. Outro país que teve dois locais escolhidos foi a Turquia, com a fortaleza de Diyarbakir e as ruínas de Éfeso.

Pela primeira vez, a Jamaica apareceu entre as selecionadas graças à beleza do santuário natural de “Blue Mountains”.

Conheça outras áreas escolhidas pela Unesco:

– Sítio arqueológico de Susa e vale Maymand (Irã);

– Bosques Store Dyrehave, Gribskov e Jaegersborg e a Igreja Luterana de Christiansfeld (Dinamarca);

– Distrito de Speicherstadt (Alemanha);

– Ponte de Forth (Escócia);

– Distrito de Rjukan-Notodden (Noruega);

– Aqueduto Padre Tembleque (México);

– Sítio arqueológico de Tangya Tusi (China);

– Região de Baekje (Coreia do Sul);

– Distrito de Fray Bentos (Uruguai);

– Montanhas Burkhan Khaldun (Mongólia);

– Missões Espanholas de San Antonio (EUA);

– Jardins da Baía de Cingapura (Cingapura);

– Rota peregrina na Jordânia;

– Sítio arqueológico de Ha’il (Arábia Saudita);

– Necrópole de Beit She’arim (Israel);

– Ilha de Gunkanjima (Hashima) (Japão)