O ministro das Finanças da Rússia, Anton Siluanov, disse neste sábado que a Ucrânia violou os termos de uma emissão de US$ 3 bilhões em títulos e que Moscou poderá exigir o reembolso antecipado.

Siluanov argumentou que a Ucrânia permitiu que a dívida estatal excedesse 60% do Produto Interno Bruto, violando os termos do título, informaram agências de notícias russas.

O bônus foi comprado pela Rússia em dezembro de 2013 como o primeiro passo de um pacote de ajuda financeira destinada a dar suporte ao governo do então presidente Viktor Yanukovych. Mas Yanukovych fugiu em fevereiro de 2014, na sequência de protestos no país, e a Rússia abandonou o restante do pacote de ajuda.

Se a Rússia for adiante com a exigência, pode aumentar as dificuldades da economia ucraniana, com a crise no país chegando ao segundo ano. Fonte: Associated Press.