O vice-ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Ryabkov, afirmou que Moscou e Washington não estão em uma nova Guerra Fria, apesar de um aumento das tensões entre os dois países nos últimos dias.

Ryabkov criticou que as recentes sanções dos EUA contra a Rússia, mas enfatizou que a tensão atual entre os dois países “não é equivalente a um confronto que pode acabar em um conflito aberto”.

Falando à imprensa japonesa e chinesa em declarações divulgadas pelo Ministério nesta quarta-feira, Ryabkov disse que não acha que um confronto seja possível. Ele acrescentou que décadas de experiência lhe ensinaram a ter cautela em relação à ligação entre EUA e Rússia.

Ryabkov argumentou que a resposta da Rússia às sanções dos EUA foi “bastante restrita e modesta”, acrescentando que Moscou não vê relações com Washington como um jogo que resulta em nada. O Kremlin respondeu às sanções aprovadas pelo Congresso americano ordenando cortes severos na equipe diplomática americana que atua na Rússia. Fonte: Associated Press.