O novo presidente do Irã, Hasan Rouhani, afirmou nesta terça-feira que seu país está preparado para negociações “orientadas para resultados” e com prazos definidos em torno do programa nuclear da república islâmica. Ao mesmo tempo em que defendeu a moderação em detrimento do extremismo e a abertura para o diálogo, Rouhani afirmou que a ameaça supostamente representada por seu país é “fruto de imaginação”. Segundo ele, o Irã não é uma ameaça regional nem mundial.

Em seu primeiro discurso perante a Assembleia Geral das Nações Unidas como presidente iraniano, Rouhani declarou que armas de destruição em massa não têm lugar em seu país, reiterou a finalidade pacífica do programa nuclear e assegurou que o Irã jamais tentará produzir a bomba atômica.

O novo líder iraniano advertiu ainda que qualquer “erro de cálculo” pode ocasionar “danos históricos” e observou ainda que não existe solução militar para a crise em andamento na Síria. Segundo ele, o objetivo deveria ser acabar logo com o derramamento de sangue. Fonte: Dow Jones Newswires.