Ativistas dizem que os rebeldes e combatentes da Al-Qaeda invadiram pelo menos três postos de controle em torne de bases militares do governo da Síria, no noroeste do país. O observatório da Grã-Bretanha na Síria para Direitos Humanos e comitês ativistas locais relataram confrontos violentos neste domingo em regiões próximas as bases de Wadi Deif e Hamidiyeh, localizadas nas proximidades da cidade de Maaret al-Numan, na província de Idlib. Os rebeldes tentam invadir as duas bases desde 2012.

Segundo o diretor do observatório britânico, os rebeldes filiado ao grupo terrorista Al-Qaeda mataram ao menos 15 soldados pró governos durante os confrontos. Oito combatates também foram mortos nos conflitos. Ativistas locais disseram que os rebeldes assumiram quatro postos de controle. Fonte: Associated Press.