O grupo rebelde colombiano Exército de Libertação Nacional (ELN) libertou nesta terça-feira um executivo canadense sequestrado em janeiro, anunciou o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV).

De acordo com o CICV, o canadense Gernot Wober, de 47 anos, foi libertado no norte da Colômbia, perto da região onde foi capturado pelos rebeldes.

A libertação ocorre algumas semanas depois de a mineradora Braeval, da qual Wober é vice-presidente, ter atendido à exigência do ELN de suspender um projeto de exploração de uma mina de ouro.

O ELN, segundo maior grupo guerrilheiro da Colômbia, afirma que o terreno onde se situa a mina foi roubado de seus verdadeiros donos. Fonte: Associated Press.