O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, cedeu à pressão e decidiu comparecer ao Parlamento do país nos próximos dias para dar suas explicações sobre o chamado caso Bárcenas, segundo informações do jornal espanhol El País.

Depois de uma reunião com o primeiro-ministro da Romênia, Victor Ponta, Rajoy foi perguntado por jornalistas sobre o escândalo e respondeu que vai “apresentar uma solicitação de comparecimento (no Parlamento) no fim deste mês ou no começo do próximo relacionada à situação econômica e política”.

“Também falarei sobre a questão que os preocupa”, disse Rajoy, que, seis meses depois do estouro do escândalo, vem tentando defender o ex-tesoureiro de seu partido. “Eu respondo às perguntas do Parlamento, vou respondendo também aos meios de comunicação. Sempre venho dando uma resposta”, afirmou o primeiro-ministro.

Rajoy está envolvido em um escândalo político ligado à investigação do ex-tesoureiro do Partido Popular (PP), Luis Bárcenas, por acusações de lavagem de dinheiro e caixa 2 que incluem pagamentos a pessoas importantes do partido do governo, inclusive o próprio primeiro-ministro.