O presidente ucraniano, Viktor Yanukovych, perdoou o ex-ministro do Interior, Yuriy Letsneko, que havia sido condenado a quatro anos de prisão por abuso de poder. Após comunicado emitido neste domingo, Letsneko, que é aliado próximo da ex-premiê Yulia Tymoshenko, foi visto em liberdade, de acordo com fontes citadas pela agência de notícias France Presse.

O presidente da Ucrânia assinou um decreto perdoando seis pessoas condenadas no país, incluindo o também ex-ministro Georgy Filipchuk, do Meio Ambiente. As informações são da Dow Jones.