A polícia grega impediu um ataque de bomba planejado para o fim de semana por um grupo militante de extrema esquerda contra a sede do Nova Democracia, partido de centro-direita que comanda o país, no dia em que ele vai celebrar o aniversário de 40 anos.

O ministro da Ordem Pública grego, Vassilis Kikilias, afirmou que a polícia descobriu planos do ataque de sábado em Atenas na quarta-feira, quando um suspeito foi preso sob acusações relacionadas a terrorismo. “Esse ataque queria enfraquecer as instituições do país e nossa economia no momento em que estamos lutando para sair da crise (financeira)”, afirmou Kikilias.

Ele informou que a polícia também encontrou registro de outras pessoas que acreditam estar em uma lista de potenciais alvos, incluído donos de navios, o presidente da federação grega de indústria e o presidente do maior time de futebol, Olympiakos. “Encontramos detalhes de suas casas, locais de trabalho e movimentos”.

O suspeito foi identificado com um grego que se recusou a cooperar com os interrogatórios policiais. Não foram informados mais detalhes.

Também nesta quinta-feira, a polícia destruiu um pacote suspeito enviado Athens Stock Exchange, bolsa de valores de Atenas, que foi entregue na sala principal e não interrompeu as atividades. A polícia informou que o pacote continha pólvora e baterias, mas não ficou claro que tivesse sido preparado para explodir. A equipe antiterrorismo está investigando o incidente. Fonte: Associated Press.