O jogador de beisebol Wilson Ramos foi resgatado na sexta-feira pela polícia da Venezuela, dois dias após ter sido sequestrado, enquanto a polícia informou que prendeu três envolvidos no crime. O ministro do Interior e da Justiça, Tareck El Aissami, disse, na emissora oficial, que Ramos foi resgatado e está “são e salvo”. “Queremos informar com muita alegria, com muito contentamento, que a operação de resgate do compatriota venezuelano, Wilson Ramos, ocorreu há poucos minutos no Estado de Carabobo”, explicou o ministro na noite de sexta-feira. Carabobo está em uma remota região montanhosa, a cerca de 150 quilômetros a oeste de Caracas.

Catcher do Washington Nationals, Ramos foi levado por quatro homens armados na porta de sua casa em um bairro de trabalhadores operários na periferia da cidade de Valência, no Estado de Carabobo, na última quarta-feira. O jogador estava no país para defender o Tigres de Aragua pela liga venezuelana de beisebol. Aissami informou também que três homens foram detidos pelo sequestro, incluindo um colombiano ligado a um grupo paramilitar.

“Na operação de resgate de Wilson Ramos temos três detidos”, disse Aissami, que sinalizou que Ramos foi resgatado por grupos de comandos da polícia judicial e da Guarda Nacional. Segundo o ministro, Ramos estava sendo transportado para a cidade de Valência com todas as medidas de segurança correspondentes e seria levado à sede da polícia para fazer os exames de corpo de delito e se reencontrar com familiares.

“A notícia da Venezuela é tranquilizadora”, disse o gerente geral do Washington Nationals, Mike Rizzo, em um comunicado da equipe. “Embora os detalhes sejam limitados e ainda não tenhamos conversado diretamente com Wilson, estamos encantados com as informações de que ele foi resgatado são e salvo e está retornando para casa”, disse.

O jogador conversou por telefone com sua mãe, Maria de Ramos, que disse à imprensa que Wilson, muito emocionado, comentou que “foi resgatado e que estava muito bem”.

O ministro das Comunicações, Andrés Izarra, disse no Twitter: “o jogador de beisebol Ramos foi encontrado com vida na zona montanhosa de Montalban, em Edo Cbobo (Carabobo)”. Izarra acrescentou, em outra mensagem, que a “operação de resgate por via aérea com apoio da Guarda Nacional foi autorizada por @chavezcandanga”, referindo-se à conta do presidente Hugo Chávez no Twitter.

Ramos, considerado como um dos principais jogadores do Washington Nationals, é um dos 87 venezuelanos que participaram da Major League Baseball, o campeonato principal de beisebol dos EUA.

Nos últimos anos, houve um aumento considerável de sequestros na Venezuela, que passaram de 52 em 1998 a 618 em 2009, segundo os números oficiais. O número real é aparentemente muito maior, pois a maioria das pessoas afetadas não registra a denúncia, em razão de preocupações com segurança. O Ministério do Interior e da Justiça não fornece cifras oficiais periódicas, e as limitadas estatísticas que se conhecem são reveladas informalmente por declarações de funcionários governamentais à imprensa. As informações são da Associated Press.