O Partido Comunista de Cuba aprovou nesta segunda-feira uma série de reformas econômicas e elegeu a nova cúpula da agremiação em um congresso histórico, anunciou a televisão estatal cubana. Não foram imediatamente divulgados detalhes das 311 propostas econômicas votadas hoje pelos delegados do partido nem quem foram os escolhidos para assumir os postos de liderança.

A expectativa é de que a eleição formalize Raúl Castro como primeiro-secretário do partido, no lugar de seu irmão, Fidel. Todas as atenções estão voltadas para a escolha do segundo-secretário, que deve ser um líder mais jovem.

Em todos os congressos passados foram ratificados Fidel Castro como primeiro-secretário e seu irmão mais novo, Raúl, como o número 2. Mas Fidel anunciou recentemente que não lidera mais o partido e tem efetivamente ficado de fora desde que adoeceu cinco anos atrás. Raúl deve assumir o cargo, deixando as atenções centralizadas na escolha do novo segundo-secretário. As informações são da Associated Press.