Projeções preliminares apontam a vitória do Partido Trabalhista nas eleições gerais de Malta. Se confirmada a vitória, a sigla formará o seu primeiro governo na ilha em 15 anos.

O primeiro-ministro, Lawrence Gonzi, que também é líder do Partido Nacionalista, telefonou para Joseph Muscat, líder do Partido Trabalhista, para reconhecer a derrota, segundo redes locais de televisão.

A vitória do Partido Trabalhista era esperada porque pesquisas projetavam uma vantagem de 10 pontos percentuais no mês passado. A votação terminou neste domingo, e o comparecimento às urnas foi de 93%.

Muscat, um jornalista de 39 anos, focou sua campanha na redução de custos de energia. As informações são da Dow Jones.