O Partido Liberal Democrata (PLD), do primeiro-ministro, Shinzo Abe, deve vencer as eleições parlamentares do Japão que acontecem hoje com ampla maioria. De acordo com projeções divulgadas pela mídia local, o PLD deve eleger de 275 a 306 parlamentares, de um total de 475 cadeiras. O pleito foi convocado antecipadamente e é visto como um referendo ao governo de Abe e ao crescente poder do PLD. Se confirmada a vitória de seu partido, o premiê mantém seu cargo por mais quatro anos.

Apesar da queda dos índices de popularidade e da recessão econômica, a expectativa é de que o partido do primeiro-ministro vença em virtude da tendência do Japão a um sistema político de partido único, apatia dos eleitores e falta de alternativas viáveis.

Com a vitória, o primeiro-ministro teria maiores chances de aprovar importantes reformar políticas e econômicas, além de fortalecer o exército do país, independente do suporte do partido de coalizão, o Partido Komei. Fonte: Dow Jones Newswires e AP.