O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), liderado pelo presidente Hugo Chávez, enviou nesta segunda-feira as “mais calorosas” felicitações ao líder cubano, Fidel Castro, por ocasião de seu 86º aniversário e elogiou sua “luta eterna”.

“Aproveitamos para enviar hoje, do Partido Socialista e do povo da Venezuela, um feliz aniversário ao companheiro Fidel”, disse em entrevista coletiva o vice-presidente do partido e presidente da Assembleia Nacional (Parlamento), Diosdado Cabello.

“De nosso partido lhe enviamos as mais calorosas felicitações e o reconhecimento a sua luta eterna”, continuou o dirigente.

Seis anos após deixar o poder por uma grave doença, o aniversário do homem que governou Cuba durante quase meio século foi marcado pela discrição, como de costume nos últimos anos.

Chávez considerou Fidel um “pai” político e mais recentemente seu “médico superior”, depois que o cubano o impediu de voltar doente para a Venezuela e insistiu que tratasse o câncer que foi diagnosticado em Havana em junho de 2011.