Se parte do continente se desprender
os efeitos serão catastróficos.

Uma parte da Antártida poderá se desprender do continente e provocar um dilúvio ao cair no mar, alertou o físico chileno Claudio Teitelboim, ao anunciar a próxima partida da primeira missão científica do país para realizar estudos no Pólo Sul.

“Existe uma probabilidade de que um grande pedaço da Antártida se desprenda e caia na água e, se isso ocorrer, ocorrerá um cataclismo, porque causará uma forte mudança de temperatura e a elevação do nível do mar”, disse Teitelboim ao jornal “La Segunda”.

Teitelboim, prêmio nacional de Ciências em 1995, fará parte da missão científico-militar chilena que viajará ao Pólo Sul para estudar o acelerado degelo registrado na região. Com um orçamento de US$ 2 milhões, as investigações serão realizadas ao longo do meridiano 83º Oeste, num percurso terrestre total de 1.084 quilômetros.