O Parlamento da Hungria elegeu hoje Gordon Bajnai como o novo primeiro-ministro do país. Bajnai recebeu 204 votos de apoio, no Legislativo de 386 cadeiras. Ele precisava de 193 votos para ocupar o posto. Seu antecessor, Ferenc Gyurcsany, disse no mês passado que deixaria o cargo, em meio à pior crise econômica no país desde o fim do comunismo, há quase 20 anos.

O governo de minoria dos Socialistas recebeu apoio da Aliança dos Democratas Livres, ex-parceira de coalizão, para eleger o novo primeiro-ministro. Bajnai, de 41 anos, disse que não buscará a reeleição nas próximas eleições gerais, previstas para abril ou maio de 2010. Durante a sessão parlamentar de hoje, aproximadamente 2 mil manifestantes se reuniram pedindo a antecipação das eleições.