O chefe do Taleban no Paquistão, Hakimullah Mehsud, pode ter sobrevivido a um ataque com mísseis dos Estados Unidos no início do ano, afirmou hoje um alto funcionário de inteligência paquistanês. O serviço de inteligência do Paquistão já havia afirmado, porém, que Mehsud estava morto e comemorou a vitória sobre os insurgentes.

Os Estados Unidos e as autoridades de inteligência paquistanesas afirmavam até agora que o líder rebelde havia morrido em janeiro, em um ataque com mísseis no Waziristão do Sul, na fronteira com o Afeganistão. Autoridades de segurança norte-americanas também acreditam agora que Mehsud esteja vivo. O Taleban negou várias vezes a morte de Mehsud.