O papa Francisco protagonizou nesta quinta-feira uma visita-surpresa à garagem do Vaticano para verificar se os clérigos católicos estão atendendo a seu pedido para que usem carros “modestos”.

A visita do papa à garagem não era esperada, disse uma fonte vaticana, mas se segue a recentes comentários do pontífice sobre o que vê como a ostentação material de certos religiosos.

“Meu coração dói quando vejo um padre usando o último modelo de um carro”, declarou o papa no fim de semana. Na ocasião, ele pediu aos clérigos católicos que usem “carros mais modestos” e dediquem as economias aos pobres.

Antes de ser eleito papa, quando era um cardeal em Buenos Aires, Francisco circulava de ônibus pela capital argentina. Ele defende que a Igreja Católica dê mais atenção às parcelas mais pobres da população. Fonte: Associated Press.