A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) anunciou nesta quarta-feira ter chegado a um acordo com autoridades da Sérvia para a remoção das bloqueios estabelecidas perto da fronteira com o norte de Kosovo, numa tentativa de encerrar dez dias de choques e acirramento da tensão. Dessa forma, as tropas da Otan poderão utilizar solo sérvio para chegar a suas bases no território.

Por meio de nota, a Otan informou ter acertado a reabertura de dois postos de fronteira no norte de Kosovo para a passagem de carregamentos de comida e de itens humanitários enviados pela Sérvia, mas os mantenedores de paz da aliança atlântica continuarão controlando as passagens até pelo menos meados de setembro.

Segundo o comunicado, a Sérvia removerá os bloqueios que impediam as tropas da Otan de utilizarem seu território para chegar a suas bases no norte de Kosovo. O governo sérvio não reconhece a declaração de independência kosovar.

Mais cedo, a Otan avaliou que a tensão no norte do Kosovo está diminuindo depois de dez dias de turbulência por conta de uma tentativa das forças locais de segurança de tomar o controle de postos na fronteira com a Sérvia.

A violência começou quando um comando especial da polícia de Kosovo tentou tomar pela força o controle de dois contestados postos de fronteira no norte de seu território, causando revolta entre a população sérvia local, que deseja que a região volte a fazer parte da Sérvia.

Um policial morreu nos confrontos. Depois da retirada da polícia kosovar, milicianos sérvios incendiaram um dos postos de fronteira. As informações são da Associated Press.