O subdiretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Keiji Fukuda, disse hoje que a influenza A (H1N1), também conhecida como gripe suína, já teve 26.563 casos em 73 países, uma elevação de mais mil novos casos confirmados em apenas um dia. De acordo com a entidade, o número de mortes relacionadas com o vírus da influenza A (H1N1) passou de 139 para 140 de ontem para hoje.

“Nós estamos realmente muito próximos de saber que estamos em uma situação de pandemia”, disse Fukuda, em Genebra, na Suíça. O alerta de pandemia da OMS se encontra atualmente no nível 5, apenas um abaixo do alerta máximo. Pelos critérios técnicos, a proliferação do vírus em duas das seis regiões seria suficiente para a declaração de uma pandemia. As regiões da OMS são: Américas, Europa, África, Mediterrâneo Leste, Sudeste Asiático e Pacífico Oeste.