Cinco dias depois de anunciar o sucesso da operação que matou Osama bin Laden, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, encontrou-se ontem em Forte Campbell, Estado de Kentucky, com os militares que participaram da missão em Abbottabad, Paquistão.

Acompanhado do vice-presidente, Joe Biden, Obama reuniu-se a portas fechadas com os soldados da Marinha.Por questões de segurança, o único nome dos integrantes da operação “Geronimo” divulgado pelo Pentágono foi o do vice-almirante William McRaven, que comandou a ação. A identificação dos demais militares é crime, de acordo com a lei americana.

Durante a reunião, Obama agradeceu o empenho individual e os riscos assumidos pelo grupo. “Cortamos a cabeça da Al-Qaeda e vamos acabar com ela”, disse Obama. “Vamos ter êxito nessa missão.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.