Três navios chineses de vigilância marítima entraram hoje em águas territoriais do Japão em torno das Ilhas Senkaku, no Mar da China Oriental – as ilhotas são reivindicadas pela China. A informação é do jornal Kyodo News, citando fontes da Guarda Costeira japonesa.

Esta foi a primeira invasão por navios chineses desde que o Japão anunciou, em 5 de fevereiro, que um navio de guerra chinês havia colocado sob mira de fogo uma embarcação da Força Marítima de Autodefesa japonesa, que patrulhava a área desde 30 de janeiro. Isso aumentou as já tensas relações entre os dois países.

O chanceler japonês Fumio Kishida disse que a invasão “não pode ser aceita e é altamente lamentável.” O Ministério das Relações Exteriores apresentou um protesto na Embaixada da China em Tóquio. As informações são da Dow Jones.