O ministro de Finanças da Eslováquia, Peter Kazimir, minimizou a esperança de avanço sobre um novo programa de resgate para a Grécia na teleconferência do Eurogrupo marcada para hoje. “Não espero qualquer decisão do Eurogrupo sobre a Grécia hoje”, afirmou Kazimir em sua conta no Twitter.

Segundo o ministro eslovaco, um avanço seria o governo grego mudar de postura e apoiar um voto “sim” no plebiscito programado para domingo, alterar a questão que será feita à população ou cancelar a consulta popular. No último fim de semana o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, convocou um plebiscito para perguntar à população se ela aceita ou não as exigências dos credores internacionais.

Os comentários de Kazimir vão ao encontro de declarações feitas mais cedo por autoridades europeias, que disseram que a nova proposta apresentada pela Grécia em troca de um terceiro programa de resgate é insuficiente.

Kazimir também comentou que os bancos gregos dificilmente abrirão com o euro como moeda se o resultado do plebiscito for uma vitória do “não”. Fonte: Dow Jones Newswires.