Duas mulheres atiraram contra a embaixada dos EUA em Istambul, na Turquia, nesta segunda-feira, desencadeando em um tiroteio com a polícia, informou a agência de notícias do governo, Anadolu.

As duas mulheres fugiram, mas uma delas, Hatice Asik, de 42 anos, foi capturada em um prédio próximo e levada ao hospital. A polícia segue em busca da outra mulher.

Hatice Asik disse que ambas faziam parte do grupo de extrema esquerda conhecido como Frente Revolucionária Pela Libertação Popular ou DHKP-C. O grupo reivindicou a responsabilidade por um ataque suicida em 2013 à embaixada dos EUA em Ancara, capital da Turquia, matando um segurança turco. Fonte: Associated Press