Os mortos pelo terremoto e pelo tsunami no Japão chegaram a 9.079, segundo números da polícia japonesa. Os desaparecidos já são 12.645, de acordo com balanço que contabilizava as vítimas registradas até esta meia-noite (horário de Brasília). O violento terremoto de magnitude 9,0 ocorrido no dia 11 provocou um grande tsunami, que varreu cidades inteiras da costa japonesa.

Hoje também foi registrada a primeira morte entre cidadãos dos Estados Unidos no Japão. A morte de Taylor Anderson, de 24 anos, uma professora norte-americana que ensinava em uma escola infantil na cidade costeira de Ishinomaki, no nordeste japonês, foi confirmada pela Prefeitura de Miyagi. Ela sobreviveu ao terremoto, mas acredita-se que estivesse andando de bicicleta quando foi tragada pelo tsunami. As informações são da Dow Jones.