enkontra.com
Fechar busca

Mundo

Morre francês que ateou fogo a si mesmo após perder seguro social

O homem de nacionalidade francesa que ateou fogo a si mesmo na quarta-feira em uma agência de seguridade social, após ter sido privado da ajuda financeira que recebia, morreu nesta madrugada no hospital de Paris onde havia ingressado em estado grave, informou nesta segunda-feira a emissora “Europe 1”.

O homem, de 51 anos, quando foi na semana passada para agência social CAF (Caisse d’ Allocations Familiales) na cidade de Mantes-la-Jolie, nos arredores de Paris, foi informado que a ajuda que recebia estava suspensa desde maio por falta de documentação, de acordo com o Ministério francês de Assuntos Sociais.

Após saber da notícia, o homem jogou um líquido inflamável sobre si mesmo, ateou fogo com um isqueiro e se jogou sobre os funcionários do escritório.

Os empregados conseguiram apagar as chamas e ligaram para o serviço de emergência, que o transferiu para o hospital de Saint-Louis, em Paris, onde chegou com 70% do corpo queimado.

Após tomar conhecimento dos fatos, a ministra de Assuntos Sociais, Marisol Touraine, expressou sua comoção perante “este ato desesperado de uma pessoa que as dificuldades da vida levaram a um gesto trágico”.

A agência, fechada desde o incidente, deve reabrir suas portas na quinta-feira.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas