Milhares de moradores de ilhas do Pacífico Sul fugiram das áreas costeiras, após uma série de fortes terremotos atingir a região e disparar um alerta de tsunami hoje. Uma semana antes, um poderoso tufão ao menos 178 pessoas no arquipélago de Samoa, Samoa Americana e Tonga.

Não houve ainda relatos sobre prejuízos. Os avisos de tsunami para 11 nações e localidades foram cancelados. As pessoas, porém, se preveniram escalando montanhas e manobrando nas ruas congestionadas para chegar a altitudes maiores.

O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico emitiu um alerta regional após um terremoto de magnitude 7,8 na escala Richter ocorrer 294 quilômetros a noroeste da ilha de Santo, em Vanuatu, a uma profundidade de 35 quilômetros. Em uma hora, houve dois outros tremores de 7,7 e 7,3 graus.

Não havia relatos sobre prejuízos ou feridos em Vanuatu, uma cadeia de 83 ilhas localizada 2.200 quilômetros a nordeste de Sydney, na Austrália. Na Samoa, onde o tufão de 29 de setembro matou pelo menos 142 pessoas, os moradores correram para as montanhas. Também houve temor na Samoa Americana, um território dos EUA na região.