A maior curiosidade é que ela não nasceu em Campo Largo. Michele Kuklik Fedalto nasceu em Curitiba, no dia 26 de janeiro de 1986, mas desde logo foi para Campo Largo, onde vive até hoje. E acaba de ser eleita Miss Campo Largo, numa acirrada disputa entre nove candidatas no concurso que foi realizado no Victor’s Dance Hall, hoje um novo “point” noturno da cidade.

Michele, que é sobrinha-neta do arcebispo D. Pedro Fedalto, estuda no Colégio Potencial, que é uma filial da rede Dom Bosco em Campo Largo.

Michele gosta de música, de leitura e de viagem. Para ela uma viagem que fez em companhia de todas as grandes amigas para a cidade de Campinas foi inesquecível.

Michele diz que gosta muito de cidade grande, mas não para morar. “Eu não trocaria Campo Largo por nenhuma outra cidade.”

No futuro, Michele quer fazer o curso de jornalismo (já quis publicidade) ou medicina. Antes, contudo, ela afirma pretende conquistar o título de Miss Paraná. Se ela de fato conseguir vai ser difícil acumular com medicina.

Você tem namorado? Não e não é por falta de pretendentes, que têm aos montes. Mas eu já vi muita amiga minha interromper sua carreira por causa de um namorado.

Michele conta que teve o apoio integral dos seus pais para disputar o concurso. Seu pai é técnico químico industrial na Incepa. E lembra que foi decisivo também o apoio de Dona Lala Chimin, que está ao meu lado em todos os lugares, mesmo aqui no jornal. Outro detalhe é que ela está muito confiante na beleza do seu vestido, que será feito por Josias Pimenta, que fará inclusive o traje típico.

Instada a fazer uma frase de despedida ela não titubeou: “Adorei conhecer o jornal”.