A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, reforçou que seu plano para o Brexit não está descartado, horas antes de se reunir com líderes da União Europeia em Bruxelas.

Ao ser questionada no Parlamento britânico pelo líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, se o Plano de Chequers – como é conhecida a proposta defendida pela premiê para a separação do Reino Unido da União Europeia – estava morto, ela responder: “Ele me perguntou se o Plano de Chequers estava morto. A resposta é não”.