A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, pediu hoje a todos os envolvidos nas conversas sobre o resgate da Grécia que retomem as negociações, um dia depois de o Fundo Monetário Internacional anunciar que abandonaria o diálogo com Atenas.

“Quando há vontade, há um caminho, mas a disposição deve vir de todos os lados, disse Merkel em Berlim, enfatizando a importância de que as discussões tenham continuidade.

Ontem, o FMI atribuiu sua decisão à falta de progresso nas conversas com a Grécia e citou amplas divergências na maioria das áreas mais relevantes.

Merkel, que falou durante evento para empresas familiares, também elogiou a política atual do Banco Central Europeu (BCE) de manter as taxas de juros básicas em mínimas históricas.

Com o argumento de que é função do BCE garantir “que não entremos num ciclo inflacionário”, Merkel pediu compreensão para os juros baixos da zona do euro, diante da grave situação de países com altas taxas de desemprego, como Espanha, Portugal e Irlanda. Fonte: Dow Jones Newswires.