O Kremlin disse neste sábado (8) que o presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, concordou com o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, de que eles precisam se encontrar em breve. A declaração do Kremlin afirma que Medvedev e Obama conversaram hoje pelo telefone, e que as duas partes “expressaram sua determinação de criar uma interação construtiva e positiva para o bem da estabilidade e desenvolvimento global.”

A declaração também afirma que os dois lados concordaram que seus países têm a responsabilidade comum de tentar resolver “os sérios problemas de natureza global” e que Medvedev e Obama acreditam que um “primeiro encontro bilateral” deve ser marcado. Durante o telefonema, Medvedev parabenizou Obama pela sua vitória na eleição presidencial dos Estados Unidos.