O presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, disse hoje não descartar a disputa de um segundo mandato em 2012. “Um tempo atrás, eu não tinha intenção de concorrer à presidência, mas não estou descartando nada”, afirmou, durante um encontro com observadores políticos ocidentais, segundo agências russas.

Na semana passada, o antecessor de Medvedev, o atual primeiro-ministro Vladimir Putin, indicou que está interessado em concorrer à presidência. Putin é tecnicamente a segunda autoridade mais importante do país, embora seja visto por muitos analistas como quem controla de fato a Rússia. Medvedev era o candidato de Putin quando concorreu ao cargo.