O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, John McCain, afirmou neste domingo (28) que espera poder apoiar o plano de resgate financeiro proposto pelo governo norte-americano, que pretende usar US$ 700 bilhões para comprar títulos podres ligados ao mercado imobiliário de bancos de investimento e outras entidades financeiras. Mas ele acrescentou que antes quer ver os detalhes do plano.

“Isso (o plano) é algo que todos nós teremos de engolir de forma dolorosa”, afirmou ele em entrevista à rede de televisão ABC.

 

O candidato afirmou que pretende voltar a fazer campanha em tempo integral amanhã, depois de ter passado boa parte do tempo em Washington nos últimos dias por conta de negociações sobre o plano de resgate.